Dicas

Dicas de como estruturar seu trabalho

Os trabalhos inscritos no Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos deverão ser um relato de experiência. O que isso quer dizer? Isso significa que a apresentação do trabalho deve descrever de que maneira o projeto foi pensado e executado: de quem foi a ideia, quem se envolveu em seu desenvolvimento, quem está por trás de sua implementação, como foram as primeiras iniciativas para que ele tenha se realizado, quais problemas e obstáculos se apresentaram à sua realização, quais foram os objetivos iniciais, quais foram os objetivos alcançados até o momento e quais ainda precisam ser buscados. Os dados devem ser fornecidos da maneira mais direta e objetiva possível. Para facilitar a descrição dos processos, a Comissão Organizadora sugere que essas informações sejam divididas em tópicos:

• Justificativa

Apresente o problema inicial (breve descrição do contexto) que gerou a necessidade de uma atitude ou de uma busca de solução ou de um projeto que tenha resultado no trabalho inscrito. Fale sobre o local e a maneira com que se decidiu atacar o problema, isto é, onde se desenvolveram os trabalhos (abrangência territorial). Diga a quem se destinava o projeto ou a quem o projeto tencionava ajudar (público), e de que maneira se pensou em encaminhar o projeto. Mencione os problemas que foram identificados e os caminhos que foram percorridos (dados da realidade relativa ao trabalho); informe quem, além da instituição, funcionários ou professores, se envolveu no projeto (envolvimento de estudantes, colaboradores e voluntários, quando for o caso).

• Objetivos

Fale o mais concretamente possível sobre o que se pretendia com o projeto inicialmente. Forneça dados do problema identificado e objetivos que tenham sido elaborados: prazos, metas, taxas ou índices a serem reduzidos ou melhorados. Se possível, aponte os objetivos alcançados e os objetivos que ainda precisam ser cumpridos.

• Metodologia

Fale sobre como se organizou o trabalho, passo a passo. Informe quais foram os processos e procedimentos adotados. Descreva as decisões e diretrizes tomadas. Que tipo de trabalho específico foi desenvolvido? Organizaram-se grupos de trabalho? Reuniões? Pesquisas? Campanhas? Algum tipo de material foi produzido? Indique a hierarquia das pessoas envolvidas e a função de cada um no trabalho (coordenação, chefia, diretoria, funcionários, colaboradores, estudantes).

• Embasamento teórico que orientou o trabalho

Houve apoio teórico ou o processo foi experimental, baseado na vivência e na criatividade? Apresente a linha de estudo a que o projeto se filia, se isso for importante. Informe se algum estudo específico ajudou nos trabalhos. Cite fontes e referências utilizadas (livros, estudos, teses, arquivos, pesquisas, revistas, reportagens, filmes, internet etc.).

• Potencial de impacto

Os objetivos iniciais nem sempre são atingidos inteiramente. Isso não significa que ainda não possam ser buscados. Informe qual é o potencial do projeto, isto é, o que ele ainda pode fazer pela realidade em que está inserido e que quer melhorar. Diga quais são as mudanças que o trabalho almeja (nele próprio e na realidade), ou seja, quem pode ser beneficiado e quais melhorias podem ser alcançadas se o projeto tiver continuidade e for aprimorado.

• Resultados imediatos

De maneira bem clara, diga quais os objetivos que foram cumpridos graças ao trabalho. Diga quais são aqueles que ainda precisam ser alcançados. Use histórias, exemplos, números, dados, taxas, índices, descrições objetivas, comparando a situação inicial e a situação atual.

• Perspectivas de continuidade e sustentabilidade do trabalho

Apresente as dificuldades de manter o trabalho e como ele pode se tornar algo permanente. Informe quais são as necessidades mais urgentes, os problemas e as qualidade do projeto que podem torná-lo algo duradouro, necessário, desejável e sustentável.

• Gestão democrática da instituição (para as inscrições da Categoria 2).

Descreva como a Instituição que mantém o projeto se organiza e como ela implementou o trabalho em sua estrutura institucional (como funciona, quais departamentos e profissionais foram mobilizados, de que maneira, com qual relação entre eles), desde a sua criação até o momento.

  • Conheça o Caderno de Educação em Direitos Humanos: Diretrizes Nacionais.

  • Acesse o vídeo nascemos livres, uma versão para crianças e jovens da Declaração Universal dos Direitos Humanos de Anistia Internacional.